Planejamento e Organização Pessoal

  1. bagunça
  2. Stressed Schoolboy with Head in Hands
  3. demo

ESTUDO DE CASO

e análise

Numa belíssima e ensolarada manhã de sexta feira o Sr. Epitácio, vendedor de óleos lubrificantes para a indústria, encontra-se numa situação inusitada e difícil:

1) Recebeu uma ligação da secretária de vendas, informando que um cliente freqüente recebeu, por engano, itens trocados de uma mercadoria e pede a presença imediata do vendedor, sob pena de cancelamento de uma programação de seis meses de compras.

2) Através do celular, recebeu mensagem SMS de uma grande empresa, que vem sendo trabalhada a meses, solicitando sua visita ainda de manhã, para fechamento do primeiro pedido.

3) Um recado da imobiliária, encontrado na secretária eletrônica na noite de ontem, confirma o fechamento do contrato para o apartamento onde ele e sua família vai mudar-se. A assinatura foi marcada para as 11 horas.

4) Constatou hoje cedo que o radiador do carro furou por corrosão e está vazando. Precisa trocá-lo. Não é possível andar com o carro assim.

5) Ontem ao fim da tarde, a família do Epitácio saiu para o litoral, passar o fim de semana. Ele deverá ir ao fim desta sexta feira. Sua mulher deixou um bilhete com a seguinte mensagem: “Querido. O gerente do banco ligou pela 5ª vez e disse que se você não passar lá hoje para cobrir a conta, ele vai encerrá-la. Eu não fui porque você não trouxe ainda o seu cheque das comissões e porque a agência é muito longe. Mas você resolve isso, né benzinho?!”

6) O gerente de vendas da empresa onde o Sr. Epitácio trabalha, viajou a serviço. Não estará na empresa hoje.

7) Descobriu agora que está sem um tostão no bolso. Tinha ontem deixado dinheiro com sua esposa para que ela pudesse ir para a praia com as crianças.

A) Analise em grupo as causas desta situação.

A1 – Tudo isso é obra do acaso?
Não. A maioria dos eventos desta manhã poderiam ser previstos.

A2 – O que poderia ser evitado?
1) Ceder à pressão do cliente não ajudará em muita coisa. Na verdade o que ele quer é a imediata solução para o seu problema.
2) Esta é uma situação PREVISÍVEL. Afinal o negocio vem sendo trabalhando a meses.
3) Mais uma situação PREVISÍVEL. Além disso, esta também é programável.
4) Claro caso de relaxo. Radiador furado por corrosão é algo que ocorre com o tempo e não de uma hora prá outra. Carro de vendedor é ferramenta de trabalho, portanto tem que passar por revisões periódicas sempre. Revisões detalhadas, não “olhadinhas”.
5) Situação típica de falta de planejamento. Na situação financeira atual, com conta no vermelho, sinceramente, é hora de a família ir prá praia? Além disso, 5ª ligação do gerente signfica que houve outras quatro. Se tivesse havido resposta o depósito exigido poderia ficar pra segunda.
6) Não há ninguém na empresa que possa te ajudar pois o único que poderia, o gerente, viajou a serviço. Mas viagem a serviço não acontece do dia prá noite. Se havia tantas coisas em andamento o correto seria ou cominar algo com seu gerente ou programar-se melhor.
7) Sem um tostão no bolso??? Isso já é falta de responsabilidade com seu orçamento profissional.

A3 – Existem hábitos ou comportamentos que favoreçam situações como esta?
– Conduzir a própria vida profissional de maneira leviana e pouco comprometida com sigo mesmo.
– Falta de visão sistêmica, provavelmente decorrente de um certo “deixa a vida me levar” que só pode redundar em desastres.
– Falta de franqueza com a família, expondo-a à real situação que pode ser temporária, se bem conduzida, mas pode ser uma falência total se tratada com “coração mole” que não contribui em nada para a educação dos filhos.

 

B) Elaborem um plano de ação imediato para enfrentar esta situação.

1) Ligar imediatamente para a empresa e resolver o problema da troca do cliente. Aproveitar para falar com o departamento financeiro, certificar-se que as comissões serão pagas. Insistir para que seja hoje. No máximo segunda, já que estão atrasadas.
2) Em seguida ligar para o cliente reclamante e avisando que ele receberá o produto correto – informe se hoje ou segunda – e que na segunda sem falta o Epitácio o visitara na primeira hora.
2) Ligar para o segundo cliente (o do SMS) avisando que irá até antes do almoço.
3) Ligar para o mecânico pedindo que venha reparar o carro ou, se necessário, que o leve para a oficina.
4) Pegar dinheiro num caixa eletrônico. Se não da conta (que está no vermelho), no cartão de crédito (o juro é um absurdo, paciência; faça pagamento antecipado dessa retirada assim que receber suas comissões). Pegar o suficiente para um taxi até a empresa que vai fechar o contrato e para o conserto do radiador, pelo menos.
5) Transfira a assinatura do contrato do novo apartamento para segunda. Ou veja se na saída do cliente novo é possível passar na imobiliária. Decida qual das duas opções ligando de imediato para a imobilária.
6) A esta altura, provavelmente já são quase 10 horas. Ligar para o banco e falar com o gerente da conta ou um assistente, avisando que hoje à tarde será feito o depósito.
7) No final de todas as tarefas do dia, procurar um bom curso ou livro sobre administação de tempo e prometer a si mesmo levar-se mais a sério.

Ah… claro. Por último. Verificar se não é o caso de fazer a família voltar da praia. A decisão é delicada. Mas talvez seja melhor evitar mais gastos. Além disso não se educa filhos apenas fazendo suas vontades.

 

 

Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *