Dicas&Toques 169 – Apresentações por e-mail. Porque muitas não são lidas.

  1. DT&169

D&T70

Você gostaria de saber as qualidades e virtudes do Deucilênio Asdrubal? Que tal conhecer a cidade natal e os pais dele? Claro que não. Afinal você nunca ouviu falar do tal Deucilênio, não é?

Do mesmo modo, se alguém nunca ouviu falar de sua empresa e a sua apresentação já começa falando quem é ela, quando foi fundada, etc. a probabilidade de que o leitor vá até o final é mínima.

Para um cliente ou potencial cliente que recebe uma apresentação só há uma coisa que pode prender a atenção e estimular a leitura até o final:

É começar falando de algo que interesse a ele.

Veja alguns exemplos:

  • Dois ou três problemas que o cliente pode ter e que a sua empresa resolve.
  • Forma segura e eficaz para que ele faça uma tarefa ou atividade, porém com custo menor.
  • Um novo método para que ele cumpra seus próprios prazos em tempo mais curto.
  • Uma possibilidade real de que ele mantenha ou conquiste novos clientes, com seu produto ou serviço.

Ou seja, a primeira e clara informação de qualquer apresentação deve ser algo atrativo para ele.

Tudo o que vem depois, só faz sentido se for para justificar e reforçar o que foi dito ao início.

Então, se sua apresentação começa mostrando produtos ou serviços que fazem o cliente economizar, quando você descrever as características da sua empresa terá que dar informações e argumentos que reforcem essa ideia.

Se puder citar casos concretos, melhor ainda. Talvez nem seja necessário mencionar clientes já atendidos. O que importa são exemplos reais, bem descritos e com detalhes.

Uma sugestão final. Cuidado com textos muito longos. Ninguém mais lê materiais extensos. Prefira conteúdos breves e quando for listar argumentos, use tópicos (como eu fiz aqui). É mais fácil e rápido para ler do que um texto cursivo.

Se eu começasse contando que o Deucilênio Asdrubal tem a solução para um problema seu, quem sabe você leria até o final, não é?

 

Prepare seu final de semana.

Posted in:
Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *