Dicas&Toques 178 – A Empresa que estimula o Voluntariado, Ganha.

D&T70

Entre as pequenas e médias empresas, poucas são as que têm alguma ligação com instituições de beneficência ou inclusão social. 

Geralmente o pretexto é não dispor de recursos financeiros para apoiar alguma entidade do chamado terceiro setor. Entretanto isso é um enorme engano.

A maioria das instituições necessita de voluntários, tanto ou mais do que de recursos financeiros. Em geral essas organizações possuem equipes muito enxutas e um grande volume de tarefas.

Uma empresa que ceda poucas horas de alguns funcionários, contribui mais do que se desse dinheiro. E não precisa muito tempo, não. Um assistente de contabilidade que passe 3 ou 4 horas, uma vez por mês na administração de uma dessas entidades, um ferramenteiro ou técnico que quinzenalmente ajude a consertar móveis, ou equipamentos, um vendedor que na última sexta-feira do mês contribua ligando para apoiadores potenciais da instituição, ou mesmo um funcionário qualquer que conte histórias para crianças, pode fazer uma enorme diferença.

Mas, afinal, qual é a vantagem para a empresa? Apenas o fato de sentir-se contribuindo para o bem da comunidade?

Claro que não. A grande vantagem é que experiências desse tipo produzem interessantes resultados no comportamento das pessoas.

Funcionários que se envolvem em atividades de voluntariado, tendem a ser mais colaborativos, mais dispostos a trabalhar em equipe e, não raro, aprendem também a explicar, ensinar seu próprio trabalho ou dar orientações com mais disposição.

O trabalho voluntário humaniza as pessoas. Alguém que tem a experiência ajudar um idoso ou deficiente com uma tarefa qualquer, certamente desenvolve o espirito de solidariedade, paciência e autodoação.

Outro efeito interessante é que os funcionários envolvidos nessas atividades passam a ter uma visão mais positiva e respeitosa em relação à própria empresa.

Além disso tudo, há um ganho adicional em marketing. Qualquer empresa que divulgue o fato de apoiar (não apenas dar dinheiro) uma entidade filantrópica, ganha admiração junto ao mercado e destaque entre os concorrentes.

Achou interessante pensar no assunto? Ótimo. Ai vão dois links VOLUNTÁRIOS e VOLUNTARIADO para você pesquisar organizações para apoiar.

Prepare seu Final de Semana.

 

Posted in:
Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *