Dicas&Toques 197 – A Venda Domiciliar – Conveniência ou Invasão?

  1. dt197

D&T70

Escolher, provar, decidir e comprar no confortável sofá de casa é uma delicia, sem dúvida. Ter pessoas amigas junto na reunião, melhor ainda, não é? Mas e quando a vendedora fala demais ou nunca vai embora, como fica?

Dizem alguns registros que a venda domiciliar – ou venda direta – surgiu na Inglaterra com a Enciclopédia Britânica, no Século XVIII. Na segunda metade do Século XIX, nos Estados Unidos, o vendedor de livros David McConnell passou a dar de brinde pequenos frascos de perfume e descobriu que muitas pessoas compravam os livros para ganhar o perfume. Claro que acabou vendendo cosméticos, criando uma pequena empresa de nome Perfumes Califórnia, que depois passou a chamar-se Avon. Já ouviu falar? Pois é.

O fato é que esse canal de venda, informal e descontraído cresceu sem parar nos últimos 100 anos e tem sim muitas vantagens, tanto para quem vende como para quem compra. Boa parte desses profissionais recebe treinamento regular das empresas que representa.

Outros, integrantes de equipes de pequenas empresas, muitas vezes não têm treinamento formal e apoiam seu método de venda nas competências pessoais, o que nem sempre significa bom desempenho nos negócios.

A base mais comum para o início dessa atividade é composta da própria família e das relações sociais mais próximas. Quando o iniciante encontra seu estilo e toma gosto, consegue aos poucos ampliar a carteira e passa a ter clientes que já não fazem parte de suas relações originais, mas sim passam a vir por indicações.

Porém isso só ocorre quando a união entre o método e o comportamento é harmônica. Por ser frequente a atividade empírica, alguns desses agentes são excessivamente informais, tratando clientes como parentes e agindo em casa alheia como este estivessem na sua própria o que, claro, é inconveniente e diminui muito as chances de uma segunda visita.

No entanto, de um modo geral podemos aproveitar bons negócios oferecidos por gente simpática e que gosta do que faz, o que já é um bom começo.

Se você nunca recebeu alguém de venda direta na sua casa, experimente. Há grandes chances de você repetir a experiência outras vezes.

Prepare seu Final de Semana.

Posted in:
Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *