Dicas&Toques 37 – Sentimento de gratidão melhora resultados?

Todo mundo sabe que pessoas bem dispostas, simpáticas (naturalmente, sem artificialismos estudados) e receptivas são socialmente mais bem sucedidas do que pessoas depressivas, queixosas e sempre mal humoradas.

Em pesquisa realizada em 2003 os doutores em psicologia Robert Emmons e Michael Mc-Cullough da Universidade da Califórnia, dividiram alunos em três grupos distintos. Ao primeiro grupo pediram que anotassem uma vez por semana, cinco eventos que lhes haviam provocado sentimento de gratidão; aos do segundo grupo, pediram que anotassem cinco preocupações ou eventos ruins; ao terceiro grupo pediram que anotassem cinco eventos ao acaso.

Ao final de algumas semanas entrevistaram os participantes de cada grupo, colhendo informações sobre saúde física e emocional.

Os jovens do primeiro grupo sentiram-se otimistas, satisfeitos com suas relações sociais e também apresentaram menos distúrbios físicos como dor de cabeça, estomago, ou resfriados, em comparação às declarações dos participantes dos outros dois grupos.

Lembrar-se de episódios positivos, ser grato às pessoas é, implicitamente, reconhecer que temos sim motivos para alegrar-nos. Isso estimula a produção de hormônios associados ao prazer e bem estar e influi em nosso estado de ânimo. Consequentemente, reflete-se nos resultados de nosso trabalho.

Portanto, quando alguns profissionais comentam, até com uma pontinha de inveja, que fulano está sempre bem disposto e alegre porque tem sorte nos negócios, é o caso de questionar; será que, na verdade, não é justamente o oposto?

 

Seja feliz!

 

 

Posted in:
Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *