Dicas&Toques 76 – Falta de Tempo pra Administrar o Tempo

D&T70

“Você tem um minutinho?”

Essa é a pergunta que você ouve em geral de alguém que vai te tomar horas, não raro sem benefício algum para você.
E por que então dedicamos tempo a pessoas que não nos acrescentam coisa alguma?
Porque temos uma forte, às vezes irresistível, tendência a atender a expectativa alheia.
E para sermos “queridos” ou cultivamos uma imagem de profissionais cooperativos e integrados às equipes, gastamos minutos, horas e dias preciosos com reuniões e tarefas absolutamente idiotas.
Desculpe a falta de elegância. O termo é forte mesmo. Mas não dá pra chamar de outra coisa mais bonitinha o que é apenas idiota. Incluindo aí tanto tarefas como pessoas. O que é um idiota? Alguém que sempre pensa que o que ele tem a dizer é a coisa mais importante do mundo… para os outros. Dizem que Deus distribuiu os idiotas pelo mundo de tal forma que todos os dias você encontre pelo menos um.
Pessoas que te roubam tempo estão te roubando VIDA!! Já pensou nisso?

Mas há outros fatores desperdiçadores de tempo. A maioria deles promovida por você mesmo, consciente ou inconscientemente. Para isso há muitos caminhos de melhoria.
Livros que falam do tema, sites que oferecem ajuda e cursos ou palestras que provocam reflexão sobre sua forma de organizar seu dia a dia, seu trabalho, sua vida.
Uma fonte legal de consulta é o site www.academiadotempo.com.br onde meu amigo Sergio Guimarães, consultor da área, oferece logo de cara um autoteste gratuito.
Se interessar, também há livros indicados e oferta de cursos.
Se o seu maior problema é a falta de planejamento, esses caminhos são muito eficazes.

No entanto, se o seu grande desafio é sua autoimagem, a coisa fica um pouco mais complicada. Talvez exija apoio profissional, seja de um psicoterapeuta ou de um bom “coach”.
Não se assuste. Apesar de ainda existirem preconceitos fortes, a psicoterapia não é só pra quem está louco, não. Um psicoterapeuta é simplesmente um consultor pessoal.
Bons “coachs” costumam ser psicólogos também, embora não seja pré-requisito.
Invista um pouco do seu tempo para averiguar bem o currículo de profissionais nessa área.
Nos últimos anos, um montão de entidades com jeitão de “respeitáveis” ministra cursinhos de 3 ou 4 finais de semana e os participantes saem de lá achando que já tem competência pra mudar a vida das pessoas. Desconfie disso.

Uma coisa é fundamental você saber. Prá aproveitar melhor o seu tempo – e a sua vida – você vai precisar destinar um pouco de tempo a você!
Quem sabe você não descobre que, quem quer que tenha distribuído muitos idiotas pelo mundo, tenha te dado a chance de aprender a lidar com eles, não é?

Posted in:
Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *