O que você acha de premiar o último vendedor do mês com o “Asnobel”??

  1. burro-avisado
  2. demo
  3. Asnobel
  4. Burrito (Juguetes PAYÁ – España). Años 20
  5. Burrito (Juguetes PAYÁ – España). Años 20

“É para mexer com os brios dos vendedores” afirmou o empresário que conferia esse “prêmio” ao vendedor com menos vendas a cada mês.Pior ainda. Durante o mês seguinte, ficava em cima da mesa do desafortunado um pequeno asno de plástico com a plaquinha em baixo: Asnobel de Vendas do Mês.

Pode parecer esquisito, mas é bem grande o número de empresas que adota mecanismos inadequados e até desrespeitosos achando que está estimulando. Coisas como essa apenas criam terror, humilhação e desestímulo.

Prêmios por resultados precisam ser capazes de mobilizar o profissional a alcança-los e, depois disso, significar uma verdadeira conquista gratificante e duradoura.

Por esta última razão os prêmios em dinheiro podem até criar alguma motivação, mas seu efeito costuma ser muito breve. Em geral o dinheiro é usado para pagar contas, saldar dívidas ou resolver problemas imediatos e em poucas semanas o profissional nem lembra mais de ter ganho. Se ele tiver ganho seguidamente então, no momento que não ganhar, o desestímulo por não ter esse dinheiro adicional poderá ser maior do que o estímulo que ele proporcionava, pois dinheiro é algo rapidamente incorporado ao ganho total e cria a percepção de remuneração e não de prêmio.

Sempre que possível, o premio deve ser algo que seja útil ou desejado pelo vendedor e/ou sua família e que tenha durabilidade na vida ou na memória do profissional.

Uma TV Led 40 polegadas ou uma viagem de 4 ou 5 dias com acompanhante a um lugar aprazível tenderão a produzir o efeito motivador por mais tempo do que o dobro mesmo valor em dinheiro.  A TV será aproveitada por alguns anos, a viagem, por toda a vida.

Nos próximos dias publicaremos algumas orientações sobre como elaborar uma campanha de incentivo eficaz.

 

 

Sobre o autor

André Ganzelevitch

avatar

André Ganzelevitch é consultor Empresarial e Profissional de Treinamento desde 1981.É autor de mais de 60 títulos de Programas de Treinamento, Workshops e Palestras para diversas entidades de apoio empresarial, para aplicação presencial e à distância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *